Swim Channel

Arquivo : Raia Rápida

Henrique Martins traça objetivos para o futuro
Comentários Comente

swimchannel

A Swim Channel TV conversou com o nadador olímpico Henrique Martins, finalista no Rio-2016 com o revezamento 4x100m medley. Agora mais maduro e experiente, Henrique falou seus novos objetivos para este ciclo olímpico como voltar a nadar os 100m borboleta na casa dos 51 segundos e seguir sua carreira sem o auxílio do técnico australiano Scott Volkers, que deixou o Minas Tênis Clube para se aposentar. Confira o bate-papo com Patrick Winkler, editor-chefe da SWIM CHANNEL. Assista ao vídeo abaixo e assine nosso canal no Youtube!

 


Swim Channel TV: João Gomes Jr, o melhor desempenho no Rio-2016
Comentários Comente

swimchannel

Durante o Desafio Raia Rápida 2016 a Swim Channel TV conversou com o atleta que teve o melhor desempenho olímpico no Rio-2016: João Luiz Gomes Júnior. O nadador de 30 anos terminou a final dos 100m peito na quinta colocação e falou um pouco sobre sua estreia em Olimpíadas, além de contar um pouco mais de sua relação com o técnico Mirco Cevales e os objetivos para o Mundial de Budapeste em 2017. Confira o bate-papo com Patrick Winkler, editor-chefe da SWIM CHANNEL. Assista ao vídeo abaixo e assine nosso canal no Youtube!

 


Swim Channel TV: Henrique Rodrigues e os planos para 2020
Comentários Comente

swimchannel

Antes do último evento da história da piscina do Olympic Aquatic Stadium a Swim Channel TV entrevistou o nadador olímpico Henrique Rodrigues. Ele que ficou em nono lugar nos 200m medley no Rio-2016, contou um pouco mais sobre a experiência no evento e a vaga na final que escapou. O nadador também revelou seus planos para o futuro e que espera disputar os Jogos de Tóquio em 2020.  Confira o bate-papo com Patrick Winkler, editor-chefe da SWIM CHANNEL. Assista ao vídeo abaixo e assine nosso canal no Youtube!

 


Swim Channel TV: Bruno Fratus e o retorno da Arena ao Brasil
Comentários Comente

swimchannel

Conversamos com Bruno Fratus, finalista olímpico no Rio-2016 e que venceu com o time brasileiro o Desafio Raia Rápida. Principal atleta brasileiro patrocinado pela Arena, ele comentou sobre os planos para o futuro e também sobre o retorno da marca ao Brasil.  Confira o bate-papo do velocista com Patrick Winkler, editor-chefe da SWIM CHANNEL. Assista ao vídeo abaixo e assine nosso canal no Youtube!

 


Quem é Roland Schoeman?
Comentários Comente

swimchannel

Uma das grandes atrações desta edição do Desafio Raia Rápida é Roland Schoeman. Nascido em Pretória no dia 3 de julho de 1980, ele nadou começou a nadar aos 13 anos e não parou mais. Aos 20 anos fez sua estreia olímpica em Sydney-2000, seu primeiro grande evento internacional, e parou nas semifinais nos 50m e 100m livre. No ciclo olímpico de Atenas ganhou suas primeiras medalhas de expressão como o bronze nos no Mundial de Fukuoka-2001 e o título do Commonwealth Games de Manchester-2002 nos 50m livre.

Seu ápice aconteceu nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004. Na competição, o sul-africano subiu três vezes ao pódio. Começou sua campanha integrando o surpreendente revezamento 4x100m livre do país que bateu os favoritos Estados Unidos, Holanda e Austrália. Dias depois foi prata nos 100m livre e bronze nos 50m livre. Na volta ao país foi recepcionado pelo ex-presidente Nelson Mandela e ganhou uma homenagem da Universidade de Pretória. No ano seguinte Schoeman venceu os 50m livre e 50m borboleta no Mundial de Montreal e repetiu o título nos 50m borboleta em Melbourne-2007.

Roland Schoeman nada seu terceiro Raia Rápida – Foto: Satiro Sodre/SSPress

Roland Schoeman nada seu terceiro Raia Rápida – Foto: Satiro Sodre/SSPress

Mesmo com a aparição de uma jovem geração de velocistas como Cesar Cielo e Florent Manaudou, o sul-africano ainda conseguiu ter bons resultados como chegar as finais olímpicas em Pequim-2008 e Londres-2012 e quando bateu os recordes mundiais nos 50m borboleta na piscina longa e nos 50m livre na curta, ambos em 2009.

Aos 36 anos de idade o veterano disputará sua terceira edição do Desafio Raia Rápida. Em 2014 ele foi vice-campeão nos 50m livre perdendo a final para Anthony Ervin. No ano seguinte o velocista terminou em terceiro lugar nos 50m borboleta, prova que ele volta a nadar este ano e encara Henrique Martins, Tim Phillips e Daniele D’Angelo. Se Schoeman não pode cair na piscina do Olympic Aquatic Stadium durante o Rio-2016, veio aos Jogos como técnico de George Bovell, desta vez ele dará suas braçadas para quem sabe bater na frente e vencer pela primeira vez no Raia Rápida.

O Desafio Raia Rápida acontece no domingo, dia 25 e terá transmissão ao vivo da TV Globo a partir das 10h. Aproveite e baixe aqui o guia completo da edição 2016 do Raia Rápida.

Por Guilherme Freitas


Gustavo Borges comenta sobre o Raia Rápida
Comentários Comente

swimchannel

No próximo domingo acontece a quinta edição do Desafio Raia Rápida, evento criado em 2012 e que reúne anualmente na cidade do Rio de Janeiro velocistas de quatro países. Este ano participam as mesmas nações do ano passado: África do Sul, Itália, Estados Unidos e o anfitrião Brasil. O formato do desafio, com baterias eliminatórias de cada estilo até restar o mais veloz e a disputa final do revezamento 4x50m medley, é bastante dinâmico e prático, principalmente para a transmissão da TV.

Novamente o Raia Rápida será televisionado pela TV Globo, dentro da programação do Esporte Espetacular. E mais uma vez teremos Gustavo Borges comentando o evento. A SWIM CHANNEL perguntou ao ex-nadador se o Brasil, que conta com quatro atletas olímpicos em sua equipe, tem alguma vantagem sobre os adversários.

Gustavo sempre acompanha o Raia Rápida. Na imagem ele posa com os franceses Manaudou e Bosquet em 2013 - Foto: YesSwim

Gustavo sempre acompanha o Raia Rápida. Na imagem ele posa com os franceses Manaudou e Bosquet em 2013 – Foto: YesSwim

“Acho que o Brasil tem uma vantagem pelo fato do Troféu José Finkel ter terminado há poucos dias e é possível que os atletas estiquem o polimento. Em provas de 50m estilo é uma vantagem importante”, conta Gustavo citando a competição que foi disputada em Santos e teve a presença dos quatro velocistas do time brasileiro.

Para o comentarista da TV Globo, o Brasil vem com uma força maior pelo fato de contar com atletas experientes e velozes, mas diz que em provas de 50 metros sempre há muito equilíbrio. “Talvez o Anthony Ervin, por ser o atual campeão olímpico e pela sua qualidade, tenha uma vantagem sobre os demais, mas é muito difícil arriscar algum palite. E também será curioso observar a performance dos atletas neste Raia Rápida, já que alguns continuaram treinando e outros tiraram férias”.

Gustavo Borges estará ao vivo na TV Globo - Foto: Satiro Sodre/Divulgacao CBDA

Gustavo Borges estará ao vivo na TV Globo – Foto: Satiro Sodre/Divulgacao CBDA

Além de empresário e comentarista, Gustavo também é embaixador da marca Myrtha Pools, apoiadora do Raia Rápida e empresa responsável pela tecnologia da piscina da disputa, o Olympic  Aquatic Stadium. Uma das curiosidades da piscina é sua hidrodinâmica idêntica entre as oito raias da piscina para os nadadores. Para Gustavo essa característica também pode auxiliar a performance. “A piscina é moderna e pode ajudar no desempenho dos nadadores, mas numa prova de 50 metros o importante é bater na frente”, finaliza.

O Desafio Raia Rápida terá transmissão ao vivo na TV Globo no próximo domingo, a partir das 10h. Aproveite e baixe aqui o guia completo da edição 2016 do Raia Rápida.

Por Guilherme Freitas


Os recordistas do Raia Rápida
Comentários Comente

swimchannel

No próximo domingo teremos mais uma edição do Desafio Raia Rápida. Desta vez o palco da festa será a piscina do Olympic Aquatic Stadium, o mesmo local de disputa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. Na água teremos 16 nadadores de quatro países (Brasil, Estados Unidos, África do Sul e Itália) lutando pelo título de campeão da velocidade. Mas você sabe quem são os donos dos “recordes” das provas do Desafio? Se não lembra tudo bem, listamos aqui quem são os responsáveis.

Uma curiosidade é que todas essas marcas foram registradas na mesma edição em 2014 por nadadores veteranos e experientes. Na decisão dos 50m costas o gigante sul-africano Gerhard Zandberg venceu a forte bateria com 25s00, superando por 12 centésimos o brasileiro Guilherme Guido. Já na final dos 50m peito foi a vez de Felipe França cravar o melhor tempo com 27s21, marca que estaria no top 10 da temporada.

Nicholas Santos literalmente voou nos 50m borboleta - Foto: Satiro Sodre/SSPress.

Nicholas Santos literalmente voou nos 50m borboleta – Foto: Satiro Sodre/SSPress.

Dois veteranos são os mais rápidos na história dos 50m borboleta e 50m livre. No borboleta, Nicholas Santos fez uma das melhores performances de sua vida ao nadar para 22s97 na última bateria, sendo quase um segundo mais veloz que o vice-campeão Eugene Godsoe. Um tempo mais forte do que o nadador fez no Troféu Maria Lenk daquele ano em seu melhor desempeno oficial e que seria top 5 naquela temporada.

Já no livre tivemos o único sub 22 segundos na história do Raia Rápida estabelecidos pelo americano Ahntony Ervin, que dois anos depois seria campeão olímpico no Rio de Janeiro. Naquela ocasião ele venceu com 21s92. Os tempos fortes nas baterias individuais refletiram na final do 4x50m medley com a vitória do Brasil por 1min37s68 ante 1min37s75 dos Estados Unidos com todos nadando em seus limites.

Ervin, o único na casa dos 21 segundos na história do Raia Rápida - Foto: Satiro Sodre/SSPress

Ervin, o único na casa dos 21 segundos na história do Raia Rápida – Foto: Satiro Sodre/SSPress

Este ano teremos nadadores com capacidade para superar estas marcas como os atuais recordistas Anthony Ervin e Gerhard Zandberg, além de Bruno Fratus, Roland Schoeman, Henrique Martins, João Gomes Júnior e Fabio Scozzoli. E na veloz piscina do Olympic Aquatic Stadium, as chances aumentam. Aproveite e baixe aqui o guia completo da edição 2016 do Raia Rápida.

Por Guilherme Freitas


Henrique Rodrigues substitui Guilherme Guido no Raia Rápida
Comentários Comente

swimchannel

Mudança no time brasileiro que nadará o Desafio Raia Rápida 2016. Guilherme Guido, que nadaria os 50m costas, não participará mais do evento. O nadador, que esteve nos Jogos do Rio-2016 e foi semifinalista nos 100m costas, abriu mão de participar do desafio para focar em sua campanha eleitoral pois está concorrendo ao cargo de vereador pela cidade de Limeira.

Em seu lugar entra outro nadador olímpico e bastante experiente: Henrique Rodrigues. Campeão pan-americano ano passado em Toronto e semifinalista no Rio-2016, Henrique é um atleta bastante versátil e também tem bons resultados em provas de velocidade. Dessa forma, o time do Brasil terá a seguinte formação: Henrique Rodrigues (costas), João Gomes Júnior (peito), Henrique Martins (borboleta) e Bruno Fratus (livre).

Guilherme Guido esta fora do Raia Rápida -Foto: Satiro Sodré/SSPress.

Guilherme Guido esta fora do Raia Rápida -Foto: Satiro Sodré/SSPress.

Participam ainda do Raia Rápida 2016 os sul-africanos Gerhard Zandberg, Giulio Zorzi, Roland Schoeman e Douglas Erasmus, os italianos Simone Sabbione, Fabio Scozzoli, Daniele D’Angelo e Mirco Di Tora e os americanos Eugene Godsoe, Mike Alexandrov, Tim Phillips e o campeão olímpico Anthony Ervin.

O Desafio Raia Rápida acontecerá no dia 25 de setembro, na piscina do Olympic Aquatic Stadium, no Rio de Janeiro e terá transmissão ao vivo da TV Globo. Mais detalhes acesse a página oficial do evento, clicando aqui.

por Guilherme Freitas


Swim Channel produz guia completo do Raia Rápida 2016
Comentários Comente

swimchannel

A SWIM CHANNEL apresenta aqui um guia completo do Desafio Raia Rápida 2016. O dossiê contém 16 páginas com fichas técnicas de todos os nadadores participantes e o programa detalhado de todo o evento que acontece no próximo dia 25 de setembro, na piscina do Olympic Aquatic Stadium (OAS). Confira na integra toda a publicação e clique no quadrinho abaixo para fazer o download da versão em PDF do guia.

 


Myrtha Pools é a nova apoiadora do Raia Rápida
Comentários Comente

swimchannel

O Desafio e o Festival Raia Rápida ganharam um novo apoiador para sua edição deste ano, que acontece no próximo dia 25 de setembro. Trata-se da Myrtha Pools, uma das principais empresas do mercado de piscinas do mundo. A marca italiana, que também é parceira oficial da Federação Internacional de Natação (Fina) e da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), foi a responsável pela construção do palco do Raia Rápida: o Olympic Aquatic Stadium (OAS), piscina dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio-2016.

A piscina do OAS foi montada com a tecnologia de ponta da Myrtha Pools, que faz com seja a mais moderna do mundo. Uma de suas principais características é o sistema turnover de troca de água, realizada a cada quatro horas. Neste processo a água passa uma recirculação, sendo filtrada e desinfetada antes de voltar para a piscina sem oferecer risco aos atletas.  O palco do Raia Rápida tem ainda bordas infinitas com acabamento em cerâmica possibilitando hidrodinâmica idêntica entre as oitos raias, estrutura construída com painéis de aço inoxidável  e com acabamentos refinados de cerâmica resistentes a água.

Vista da piscina do OAS - Foto: Satiro Sodré/ SSPress

Vista da piscina do OAS – Foto: Satiro Sodré/ SSPress

“Consideramos o Raia Rápida o evento de natação em piscina mais bem divulgado do país e é uma honra para Myrtha Pools fazer parte deste projeto”, diz Haller Freitas, representante da empresa no Brasil. Vale lembrar que as novas piscinas de Pinheiros e Flamengo, dois dos maiores clubes da natação brasileira, foram construídas pela Myrtha.

Este ano teremos a realização do primeiro Festival Raia Rápida, que será aberto para o público geral. Nadadores de todos níveis técnicos, a partir dos sete anos de idade, poderão dar suas braçadas no último evento a ser disputado no Olympic Aquatic Stadium. Logo após a realização do Raia Rápida a piscina será desmontada e reconstruída em outro ponto da cidade como parte do prometido legado olímpico para o Rio de Janeiro.

O Raia Rápida é organizado desde 2012 pela Effect Sport e este ano participam do Desafio Elite 16 nadadores do Brasil, África do Sul, Itália e Estados Unidos. Este acontece pela primeira vez o Festival voltado para os atletas amadores que poderão fazer suas inscrições através do site do evento que vão até o dia 20 de setembro. Os interessados podem efetua-la aqui: http://www.raiarapida.com.br/festival/.

Por Guilherme Freitas