Swim Channel

Arquivo : Samir Barel

Heróis do Canal da Mancha participam de bate-bapo em São Paulo
Comentários Comente

swimchannel

Amanhã acontece no Sesc Bom Retiro, em São Paulo, um encontro com grandes nomes das águas abertas do Brasil. Oito dos 33 brasileiros que já conseguiram atravessar a nado o Canal da Mancha segundo a Organização do Canal da Mancha estarão presentes a partir das 18h30 para um bate-papo aberto ao público. Organizada pela Associação 14 Bis, entidade criada recentemente e responsável pela organização da tradicional Maratona Aquática 14 Bis, o evento pretende enaltecer os feitos desses atletas, além de ajudar na divulgação e popularização da modalidade.

Considerada como uma das provas em águas abertas mais difíceis e desafiantes do mundo devido as águas frias que separam a Inglaterra da França e pela força da correnteza que pode fazer a empreitada durar muito mais do que o planejado, a travessia do Canal da Mancha é uma das mais nobres (senão a mais) do planeta, além da enorme concorrência para realizar a prova. No evento os atletas contarão um pouco de suas experiências pessoais. Revelações, curiosidades e técnicas para cumprir o desafio serão compartilhados entre os presentes, uma forma aprender um pouco mais e uma forma de incentivo para quem sonha em um dia atravessar o estreito de 33 km de percurso.

O recordista sul-americano Adherbal de Oliveira – Foto: Desafio 7 Mares/Facebook

Neste bate-bapo estarão presentes oito nadadores: Ana Mesquita, a quinta brasileira a completar o feito e autora do livro A Travessura do Canal da Mancha, Igor de Souza, o único brasileiro a fazer o percurso em ida e volta em 1997, Percival Milani, 9º brasileiro a completar a prova e autor do livro A Travessia do Canal da Mancha, Marta Izo, que concluiu a travessia na modalidade solo em 2006 e em revezamento ida e volta em 2011, Harry Finger, 18º brasileiro a completar a prova, Samir Barel, conquistador da Tríplice Coroa das Águas Abertas, Adherbal de Oliveira, atual recordista sul-americano da travessia e Marcelo Teixeira, último brasileiro a completar o Canal em 2016.

O Sesc Bom Retiro fica localizado na Alameda Nothmann, nº 185, no Bairro do Bom Retiro e próximo a estação da Luz do metrô. O bate-papo acontecerá no Teatro da unidade das 18h30 as 20h.

Por Guilherme Freitas

Marcos Fraccaro e Catarina Ganzeli vencem o Aloha de Ilhabela
Comentários Comente

swimchannel

A Praia do Perequê em Ilhabela foi palco neste último fim de semana da etapa inaugural da temporada 2017 do Festival Aloha Spirit. O evento, que nasceu realizando provas de Canoa Havaiana, teve 1500 atletas de diversas modalidades aquáticas am ação. E nem o tempo chuvoso e fechado que pairou sobre o litoral paulista durante todo o fim de semana desanimou os participantes. Para reduzir a ansiedade que uma competição passa aos atletas, a organização trouxe aos presentes um pouco da cultura aloha. Apresentações culturais e um show de uma banda taitiana cantando canções típicas polinésias ajudaram a criar o clima de união entre todos.

Esta etapa também foi a primeira com a direção técnica de Samir Barel nas provas de águas abertas que foram bastante concorridas. O novo formato de disputa foi um dos atrativos para os nadadores que puderam nadar pela primeira vez provas individuais e por equipes. No sábado aconteceram as travessias de 1 km e 2 km e as baterias eliminatórias do revezamento 5x200m. Já no domingo foram disputadas os 3,5 km e as finais do revezamento 5x200m. Na água dois nadadores se destacaram: Marcos Fraccaro e Catarina Ganzeli. A dupla competiu nos dois dias e sagrou-se campeã nas distâncias de 2 km e 3,5 km, confirmando a boa fase atual que estão vivendo.

Pódio da prova feminina de 2 km – Foto: Facebook/Reprodução

Já na prova de revezamento a grande campeã foi a Elo Academia de Campinas. Outra atração do Aloha Spirit foi a presença do casal Diogo Yabe e Fabiola Molina. Diogo chegou a nadar a prova de 3,5 km e conseguiu subir no pódio na 3ª colocação. Já Fabiola, que espera a segunda filha do casal, esteve em Ilhabela para prestigiar o evento e foi bastante tietada pelos nadadores e fãs.

A próxima etapa do Aloha Spirit será disputada em Cabo Frio, na bela região dos Lagos, nos dias 2 a 4 de junho. Em breve os resultados completos de todas as provas disputadas em Ilhabela serão divulgadas no site oficial do evento: alohaspirit.com.br/.

Por Guilherme Freitas


Desafios Aquaman encara uma nova missão
Comentários Comente

swimchannel

A dupla Samir Barel e Marcos Campos não para. Após nadarem muitos quilômetros em águas abertas nos últimos meses (ambos concluíram a Travessia do Leme ao Pontal e Samir ainda nadou a etapa de Santa Fé na Argentina do Grand Prix da Fina), eles já têm um novo desafio para encarar no dia 6 de março: concluir a nado o percurso de 36 km entre Florianópolis e Porto Belo na nova missão do Desafios Aquaman.

Às 4h da próxima segunda-feira a dupla pretende largar para a travessia na Ponta das Canas, em Florianópolis. De lá eles nadarão pela costa catarinense até a cidade de Porto Belo, em uma prova que deve ser concluída em 8 ou 9 horas. Durante o percurso eles terão a companhia de Adherbal de Oliveira, experiente nadador e que tem como meta em completar o Desafio dos Sete Mares nos próximos anos. E o percurso Florianópolis-Porto Belo é uma boa oportunidade para seu treinamento.

Marcos Campos e Samir Barel, os aquamans – Foto: Rômulo Cruz

“Acreditamos que a maratona aquática pode contribuir de forma positiva, diferente e motivadora para os amantes da natação em águas abertas conhecerem o patrimônio natural e histórico brasileiro. Por que não olhar nossas belas paisagens por um ângulo diferente? Esse é um dos grandes benefícios que a maratona aquática proporciona e está mais acessível do que muitos pensam”, disse Samir que assim como seu parceiro de travessias está pronto para encarar mais um desafio. “Os treinos já estão a todo vapor, duas vezes ao dia, para dar conta da alta metragem que teremos pela frente”, conta Marcos.

Desenvolvido pela dupla de nadadores e pelo publicitário Marcos Zica, o Desafios Aquaman tem como objetivo realizar travessias em locais com vasta beleza natural ressaltando suas importâncias históricas e culturais, além de ajudar a alavancar a modalidade das águas abertas e incentivar a participação de atletas de diversos níveis técnicos em futuros eventos.

Por Guilherme Freitas


Samir Barel é o novo diretor técnico da natação do Aloha Spirit
Comentários Comente

swimchannel

O calendário de 2017 do Circuito Aloha Spirit já foi divulgado e teremos ao longo do ano três etapas. Ilhabela vai abrir a temporada em março e há outras duas etapas agendadas para junho e setembro ainda sem local definido. O evento, que agrega diversas competições aquáticas, terá disputas de stand-up paddle, paddleboard, canoa havaiana, surfski e claro, as provas de natação em águas abertas. E para 2017 o circuito terá uma grande novidade para esta modalidade. Conquistador da Tríplice Coroa de águas abertas, Samir Barel será o novo diretor técnico de natação do Aloha Spirit.

Para João de Castro, diretor da EcoOutdoor e responsável pelo Aloha, a nomeação de Samir para o cargo se deu pela experiência e competência do atleta. “Ele é um cara extremamente competente e muito bem quisto por toda a comunidade aquática. É um cara que se doa e tem um alto conhecimento sobre as águas abertas, que ajudará muito também na expansão do Aloha Spirit”, afirma João que além de Samir conta com outros diretores experientes e renomados nas outras modalidades do circuito como David Mcknight (canoa havaiana) e Gustavo Ratones (no stand-up paddle).

Samir Barel ministrará uma palestra durante o evento - Foto: Talita Saab

Samir Barel é o novo diretor de natação do Aloha – Foto: Talita Saab

Samir esta confiante e empolgado para este novo desafio de sua carreira “Cuidarei da parte técnica da maratona, como desenho do percurso, ponto de boias, briefing dos atletas, contato com os barqueiros, etc. Espero dessa forma pode colaborar com a divulgação e crescimento das águas abertas no Brasil possibilitando uma experiência diferente, desafiadora e segura para a modalidade”, conta o nadador.

Este ano teremos a cada etapa três provas de águas abertas com metragens de 1 km, 2 km e 3,5 km. A prova mais longa também terá uma novidade: contará com percursos individuais e em revezamento. “Já pensávamos em ter uma prova por equipe no Aloha e o Samir deu a sugestão de realizá-la no formato de três atletas nadando juntos, tendo pelo menos uma mulher na equipe. Dessa forma faremos baterias classificatórias no sábado e uma final no domingo com a ordem de largada definida”, explica João que acredita que esse diferencial pode ser atrativo e motivante para todos os participantes.

Mapa do percurso das provas do Aloha Spirit - Foto: Reprodução

Mapa do percurso das provas do Aloha Spirit – Foto: Reprodução

João também confirmou que haverá uma premiação especial nas principais provas, com troféus estilizados e possíveis colares havaianos aos vencedores. “Queremos com isso aproximar o público das travessias à cultura Aloha. Sabemos que a natação é a modalidade mãe de todo o atleta aquático, mas nem todos estão integrados ao universo Aloha”.

A etapa de Ilhabela do Aloha Spirit acontecerá entre os dias 17 e 19 de março, em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. As provas de 1 km e 2 km terão largada e chegada na Praia do Perequê. Já a travessia de 3,5 km tem largada em Vila Ilhabela, percurso na beira-mar e chegada na Praia do Perequê. O evento será transmitido ao vivo pela internet e as provas de águas abertas terão os comentários do editor-chefe da SWIM CHANNEL, Patrick Winkler. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas clicando aqui.

Por Guilherme Freitas


A primeira dupla que tenta atravessar do Leme ao Pontal
Comentários Comente

swimchannel

Fim de temporada é na grande maioria das vezes sinônimo de férias de atletas, poucas provas, inúmeras retrospectivas e planos para o ano seguinte. Porém, este final de ano das águas abertas ainda promete muitas emoções. Estão agendadas para este fim de semana nada mais, nada menos do que cinco tentativas de travessia do Leme ao Pontal, na cidade do Rio de Janeiro. Serão duas tentativas solo com Marcos Campos e Vitor Gadelha e mais três por equipes em revezamento: uma dupla da Elo Academia, um sexteto do TeamRR e um quarteto do Team Maia.

Todos eles precisam concluir as travessias na janela de 16 a 22 de dezembro para entrarem na galeria dos atletas que já conseguiram completar os 35 km que separam a Praia do Leme da do Pontal. A ideia de nadar de uma ponta a outra surgiu após Luiz Lima encarar e vencer o desafio em 2008. Após sua empreitada foi a vez de Adherbal de Oliveira, Paulo Amaral e Patrícia Farias também nadarem com êxito o percurso. Com o aumento na procura pela travessia foi criada a Leme to Pontal Swimming Association (LPSA) com a função principal de promover e organizar as travessias individuais ou em revezamento entre os dois famosos pontos da cidade do Rio de Janeiro e oficializar os resultados.

Os nadadores Hélio e Samir – Foto: Arquivo pessoal

Os nadadores Hélio e Samir – Foto: Arquivo pessoal

A primeira tentativa de travessia do percurso nesta fim de semana será feita por uma dupla com bastante experiência nas águas abertas: Samir Barel e Hélio Padilha,que buscam ser a segunda equipe a completar o desafio. Samir dispensa apresentações, afinal tem no currículo diversas participações em provas de águas abertas e este ano conquistou o título da Tríplice Coroa ao concluir com novo recorde sul-americano a Travessia do Canal de Catalina. Já Hélio tem no currículo duas provas completas do Ironman (principal prova do mundo no triatlo) e duas edições da Travessia 14 Bis. E ambos estão preparados e motivados para encarar este novo desafio.

“A expectativa é nadar entre 11h e 14h. Nossa estratégia será curtir cada braçada, revezando de hora em hora e aproveitando esta oportunidade única de ver o Rio de Janeiro por outro ângulo fazendo aquilo que nos dá prazer que é nadar. Como já nadei a noite no mar, acredito que deva iniciar a prova, pois assim darei mais confiança e tempo para o Hélio se concentrar e visualizar o que deverá ser feito”, conta Samir quer será o capitão do revezamento. “Pretendo curtir e meditar durante o trajeto da prova e quero difundir a maratona aquática, mostrar que todos somos capazes de planear sonhos e executá-los com prazer e alegria”, reforça Hélio que aos 53 anos tenta adicionar ao currículo mais uma grande conquista.

Samir fez simulações noturnas visando a prova – Foto: Matheus Meireles

Samir será o capitão da dupla – Foto: Matheus Meireles

A travessia da dupla tem previsão para acontecer entre a 1h e 3h da manhã desta sexta-feira, dia 16 de dezembro, com saída no Píer da Urca, no Rio de Janeiro, próximo a Praia do Leme. Confira abaixo um breve perfil dos nadadores:

Nome completo: Hélio Padilha
Idade: 56 anos (18/11/1960)
Profissão: Médico Obstetra
Desde quando nada no mar: 2008
Frequência dos seus treinos: seis dias por semana

Nome completo: Samir Botelho Barel (Capitão do time)
Idade: 33 anos (09/07/1983)
Profissão: Educador Físico e Empresário
Desde quando nada no mar: 2008
Frequência dos seus treinos: seis dias por semana

Por Guilherme Freitas


Novos recordes na Travessia do Canal de Ilhabela
Comentários Comente

swimchannel

A terceira edição da Travessia do Canal de Ilhabela foi um sucesso. Ao todo 412 atletas encararam os 3,8 km de prova que passa por um dos mais belos pontos do litoral de São Paulo. Uma das peculiaridades da travessia é que a largada se dá dentro da água. Logo cedinho escunas levam todos os participantes para a Praia do Porto Grande, em São Sebastião. De lá eles partem para a Praia do Engenho D’água em Ilhabela, o ponto de chegada.

O regulamento da travessia permite que a prova seja disputada em até três percursos diferentes, dependendo da situação climática. Como o tempo este bom e o mar em perfeitas condições, foi decidido no Congresso Técnico que a travessia seria realizada no percurso leste. Neste trajeto os nadadores encaram o vento vindo de leste que pode complicar um pouco no início da prova e deixa a prova ainda mais desafiadora.

Samir pretende concluir grandes desafios ao longo da carreira – Foto: Flávio Perez/OnboardSports

Samir venceu com novo recorde – Foto: Flávio Perez/OnboardSports

Campeão na edição inaugural do evento em 2014, Samir Barel buscava recuperar o seu título e este ano ele travou um belo duelo com Marcos Fraccaro pela vitória. Fazendo valer sua experiência para chegar a frente, ele ainda estabeleceu um novo recorde para o Canal de Ilhabela: 47min05s, superando a marca de Carlos Pavão do ano passado. Agora Samir ostenta os dois recordes da travessia, no sentido leste e sul. Lembrando que ele vem tendo uma boa temporada este ano, inclusive completando a Tríplice Coroa das águas abertas. Alexander Rehder finalizou o percurso na terceira colocação, seguido pelo editor-chefe da SWIM CHANNEL Patrick Winkler.

Na prova feminina também tivemos um novo recorde no percurso leste. Raquel Goto finalizou a travessia em 56min29s, mais de seis segundos abaixo do recorde de Juliana Machado estabelecido no ano passado. Foi uma prova bastante disputada e no fim a atleta da Elo Academia conseguiu abrir uma vantagem para a holandesa Denise van Rouwendaal que chegou apenas um minuto e meio depois. Reconheceu o sobrenome? Pois é, Denise é irmã da campeã olímpica Sharon van Rouwendaal e vive há alguns anos no Brasil. A jovem Ariadne Santos completou o pódio na terceira posição.

A equipe da ELO Academia, time dos campeões da travessia - Foto: Reprodução

A equipe da ELO Academia, time dos campeões da travessia – Foto: Reprodução

A Travessia do Canal de Ilhabela contou com uma megaestrutura para todos os participantes, além de dezenas de embarcações como caiaques, botes para retiradas de atletas da água e jetskis que deram suporte e apoio. Os resultados da edição 2016 já estão disponíveis no site da prova e podem ser conferidos clicando aqui.

Por Guilherme Freitas


Swim Channel TV: Samir Barel, o conquistador da Tríplice Coroa
Comentários Comente

swimchannel

A Swim Channel TV conversou com Samir Barel, o conquistador da Tríplice Coroa de águas abertas que atravessou recentemente o Canal de Catalina nos Estados Unidos. Nesta entrevista o nadador fala sobre a desafiante travessia e os percalços que enfrentou nas águas da Califórnia, além de relembrar as travessias da Volta de Manhattan e do Canal da Mancha. Confira o bate-papo com Patrick Winkler, editor-chefe da SWIM CHANNEL. Assista ao vídeo abaixo e assine nosso canal no Youtube!


O novo desafio do Aquaman
Comentários Comente

swimchannel

Em 2014 a dupla de nadadores de longa distância Marcos Campos e Samir Barel em parceria com o publicitário Matheus Zica decidiram criar um projeto inovador onde buscavam mesclar a natação em águas abertas com as belezas naturais do Brasil chamado Desafios Aquaman. Ele consistia em atravessar a nado diversos cartões postais promovendo a modalidade e visitando locais de belezas únicas e importâncias históricas. Com o passar do tempo a empreitada cresceu e hoje eles também realizam algumas provas de travessias abertas ao público visando o desenvolvimento da modalidade.

Agora a dupla terá um novo desafio pela frente: concluir a Travessia do Leme ao Pontal, com cerca de 35 km de percurso que passa por diversos pontos turísticos da cidade do Rio de Janeiro. Recentemente, foi criada a organização Leme ao Pontal Swimming Association (LPSA) para coordenar as travessias e transformá-la em uma das principais provas do mundo nos próximos anos. Até hoje apenas quatro nadadores concluíram o percurso: Adherbal de Oliveira, Paulo Amaral, Patrícia Farias e o pioneiro Luiz Lima que atravessou a nado os dois pontos em 2008.

O nadador Marcos Campos - Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

O nadador Marcos Campos – Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

Dessa vez a dupla terá missões distintas na Travessia do Leme ao Pontal. Apenas Marcos irá atravessar a nado a distância, tendo o auxílio de Samir como técnico no barco de apoio que vai acompanhar as braçadas do nadador. “A LPSA está totalmente alinhada com a proposta do projeto Travessias e Desafios Aquaman de divulgar a maratona aquática e a preservação do patrimônio histórico e ambiental do nosso país. Me sinto honrado em poder fazer parte dessa história e vou treinar muito para vencer mais esse desafio”, conta Marcos que este ano concluiu a tradicional Travessia de Key Biscane, na Flórida.

Após concluir e superar o recorde sul-americano na Travessia do Canal de Catalina, Samir Barel lembra que Marcos vai encontrar algumas dificuldades como as fortes ondulações, as baixas temperaturas da água, o vento forte e a possibilidade de águas-vivas pelo caminho, porém, confia que seu amigo tem totais condições de fazer uma boa prova, que ainda não tem data definida e irá acontecer no mês de dezembro.

Por Guilherme Freitas


Samir supera recorde sul-americano no Canal de Catalina
Comentários Comente

swimchannel

O experiente nadador de águas abertas Samir Barel adicionou mais uma conquista ao seu currículo após concluir com sucesso nesta quinta-feira a Travessia do Canal de Catalina, uma das mais difíceis e arriscadas do mundo. O atleta partiu ontem a noite as 23h locais (3h da manhã no horário de Brasília) da Ilha de Santa Catalina rumo a costa do estado americano da Califórnia. Foram 36 km nadados nas águas geladas do Canal, boa parte delas durante a escuridão da noite.

Tudo correu bem durante a prova e ele concluiu o percurso em 8h35min40s, superando o recorde sul-americano que pertencia a Adherbal de Oliveira que este ano havia nadado em 9h10min29s.

Samir fez simulações noturnas visando a prova – Foto: Matheus Meireles

Samir completou a Tríplice Coroa de Águas Abertas – Foto: Matheus Meireles

“Tudo perfeito! Nadei bem, as condições estavam muito boas, o mar liso. Nos últimos 5 km peguei uma corrente, mas isso é normal naquele trecho, já era esperado. A equipe técnica foi excelente, o Damian Blaun fez um pacing para mim na última hora para dar ritmo, a Esther estava no barco sempre me orientando”, revela Samir que juntou-se a Adherbal e Dailza Ribeiro como os únicos brasileiros a atravessarem o Canal.

Com essa conquista, o nadador torna-se o primeiro brasileiro a conquistar a Tríplice Coroa de Águas Abertas que são as provas da Travessia do Canal da Mancha. Volta da Ilha de Manhattan e Travessia do Canal de Catalina. Samir tem como objetivo realizar a principais travessias do mundo e agora após um merecido descanso pelo êxito desta prova já começa a pensar nos próximos desafios.

Assista abaixo um vídeo do momento da chegada de Samir Barel a costa dos Estados Unidos:

Por Guilherme Freitas


Samir Barel encara o Canal de Catalina
Comentários Comente

swimchannel

O sonho de completar as principais provas de águas de abertas do mundo ganha um novo capítulo a partir de amanhã a noite para Samir Barel. Após atravessar a nado o Canal da Mancha, a Volta a Ilha de Manhattan e a Travessia Hernandarias-Paraná, o experiente nadador de águas abertas inicia amanhã seu mais novo desafio: a Travessia do Canal de Catalina, estreito de água que separa a Ilha de Catalina da costa oeste dos Estados Unidos que tem cerca de 36 km de percurso.

A prova é uma das mais difíceis e exigentes do mundo. Afinal até hoje foram poucos os atletas que conseguiram registrar esse feito, entre eles dois brasileiros: Dailza dos Santos em 1993 e Adherbal Oliveira que atravessou o Canal em julho deste ano. A Travessia do Canal de Catalina conta com muitas particularidades. Uma delas é a recomendação de iniciar a prova a noite devido a presença de tubarões e muitos peixes na região. Como na escuridão noturna o nadador não atrairá tanta atenção da vida marinha, esse período é o mais indicado para fazer a travessia. Porém, aparecem outras dificuldades como a água gelada, as fortes correntes e a falta de visibilidade.

Samir fez simulações noturnas visando a prova – Foto: Matheus Meireles

Samir fez simulações noturnas visando a prova – Foto: Matheus Meireles

Samir sabe que esta não é uma travessia comum e vem se preparando a meses para conseguir concluir este objetivo. “Nadar a noite em mar aberto será uma experiência bem diferente e isto é um fator que me atrai nessa prova, algo que as outras que já realizei não tem. Minha preocupação será acertar muito bem a hidratação para não ter enjoos. Também fiz quatro treinos específicos simulando a natação em período noturno, conta o nadador que também procurou ouvir a experiência de Adherbal para encarar este nova desafio. “Conversei com ele e pude tirar algumas duvidas e receios que tinha. Assim, me sinto muito preparado”, finaliza.

Além de encarar esta travessia como uma grande missão e paixão pelo esporte, Samir também pensa no bem da sociedade e tem dois objetivos que o motivam a realizar estas grandes provas em águas abertas. “Primeiro objetivos é promover e divulgar a maratona aquática em todo o Brasil, uma modalidade possui uma série de benefícios, tais como incentivar o turismo e o contato direto com outras culturas e, claro, com a natureza. E o segundo, é mostrar para as pessoas que Todos Somos Capazes, um lema que carrego comigo, superar obstáculos inimagináveis e estimular qualquer pessoa a superar seus desafios particulares”.

Samir pretende concluir grandes desafios ao longo da carreira – Foto: Flávio Perez/OnboardSports

Samir pretende concluir grandes desafios ao longo da carreira – Foto: Flávio Perez/OnboardSports

Samir começa a nadar a Travessia do Canal de Catalina a partir das 23h desta quarta-feira (3h da manhã no horário de Brasília) e chegará ao seu destino na manhã de quinta-feira. O longo trajeto entre a Ilha de Catalina e acosta californiana costuma ser atravessado em média de 9 e 10 horas.

Por Guilherme Freitas