Swim Channel

Arquivo : Simone Manuel

Katie Ledecky pronta para fazer história no NCAA
Comentários Comente

swimchannel

As provas de natação feminina do NCAA, o campeonato americano universitário, tem início na próxima quinta-feira na piscina da Indiana University que em agosto também será palco do Campeonato Mundial Júnior. Como de costume, as provas femininas do NCAA serão uma semana antes da competição masculina que normalmente é a mais assistida pelo público. Porém, este ano o evento feminino terá a principal atração de todo o circuito do NCAA. E ela atende pelo nome de Katie Ledecky.

Estudante da Universidade de Stanford ela fará em Indianópolis sua estreia no principal evento da natação universitária americana nadando três provas individuais (200, 500 e 1650 livre) e mais dois revezamentos (4×100 e 4×200 livre). O NCAA é disputado na piscina curta e em jardas, características que costumam beneficiar nadadores velozes e com bons fundamentos nas viradas. Ledecky não vinha competindo neste tipo de piscina no último ciclo olímpico, mas desde os Jogos do Rio-2016 vem aprimorando suas habilidades visando um bom desempenho na competição em Indianápolis.

Ledekcy representará Stanford – Foto: Matt Rubel/Rubel Photography

A expectativa deste NCAA é de ver a história sendo feita. Ledecky tem grandes chances de bater novos recordes nas provas mais longas e ajudar Stanford a vencer os revezamentos e quem sabe o campeonato que não vem desde 1998. Ela é disparada a grande favorita nos 500 e 1650 livre. Na primeira prova esta balizada com pouco mais de cinco segundos de vantagem para Leah Smith e mês passado estabeleceu um novo recorde nacional para a distância (4min25s15). Já na segunda tem quase 28 segundos de frente a Smith no balizamento e seu recorde nacional na prova, os 15min03s92 feitos em novembro de 2016, foi avassalador com impressionantes 25s96 de parcial nas últimas 50 jardas e colocando mais de uma volta de todas as adversárias (assista a prova abaixo).

Os 200 livre serão onde ela encarará seu maior obstáculo no NCAA. Ledecky esta balizada com o segundo melhor tempo, atrás apenas de Simone Manuel que no Rio-2016 surpreendeu o mundo ao vencer os 100m livre. As duas são estudantes e companheiras de Stanford e na pré-temporada universitária duelaram intensamente com uma melhorando o tempo da outra. Os 200 livre em jardas tem como característica ser uma prova de muita intensidade e velocidade, que favorece Manuel. Porém, Ledecky aperfeiçoou estas habilidades e é difícil apostar quem leva a melhor em Indianápolis.

Como já mostramos aqui na SWIM CHANNEL, Ledecky é uma das atletas mais dedicadas e obstinadas da atualidade e visa sempre melhorar mais e mais. Será muito interessante ver o que ela pode fazer também em piscina de jardas expandindo seus recordes e firmando cada vez mais seu nome na história da modalidade.

Por Guilherme Freitas


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>