PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

George Young: o primeiro a atravessar o Canal da Catalina

swimchannel

19/06/2020 18h00

O canadense George Young foi o primeiro a atravessar a nado o Canal da Catalina, estreito que separa a Ilha de Catalina da costa oeste da Califórnia, nos Estados Unidos. O desafio, que tem cerca de 36 km, foi realizada pela primeira vez no ano de 1927 e tendo sido patrocinada pelo magnata do ramo da confeitaria William Wrigley Jr.

Proprietário da Santa Catalina Island Co., ele estava buscando ideias que pudessem chamar mais atenção para o clima ameno do inverno da ilha. Quando chegou a notícia de que Gertrude Ederle havia sido a primeira mulher a atravessar o Canal da Mancha, ele percebeu que uma prova "fora de temporada" pelo canal seria uma boa chance de chamar atenção.

George Young – Foto: Reprodução

Na época, ele convidou os maiores nadadores de ultramaratona aquática do mundo a atravessar o Canal de Catalina, e colocou uma premiação ao vencedor bastante valiosa para a época: US$ 25 mil. Nunca na história da natação até então um evento tinha criado tamanho entusiasmo, interesse e participação. Com muitos inscritos, o desafio aconteceu no dia 15 de janeiro de 1927.

Após a largada do desafio, o nadador olímpico Norman "Moose" Ross, que havia sido campeão olímpico nos 400m e 1500m livre nos Jogos da Antuérpia-1920, e o jovem Young, com apenas 17 anos na época, logo se destacaram no grupo. Young conseguiu abrir uma vantagem de cerca de 150 metros e duas horas depois, dobrou a vantagem. Gradualmente, os nadadores começaram a desistir da prova, até que sobraram apenas Young e Ross. Ambos estavam sozinhos no desafio contra a água gelada, a exaustão intensa e até mesmo tubarões ocasionais que habitam a região.

George Young recebe sua premiação de William Wrigley Jr – Foto: Reprodução

Quando Young se aproximou do continente, com Ross atrás, milhares de pessoas se alinharam na costa com faróis de carros, gritando e encorajando o nadador solitário enquanto ele lutava contra a força da maré. Ross desistiu, mas o canadense continuou só e pisou em terra para levar para casa seu prêmio depois de incríveis 15 horas e 45 minutos  na água.

Nos dias seguintes, Young foi alçado ao posto de herói e ganhou muita popularidade principalmente no Canadá onde vivia. Devido ao feito de atravessar o Canal de Catalina com apenas 17 anos ganhou o apelido de "Catalina Kid" e é sempre lembrado como exemplo de conquista e realização por aqueles que buscam cruzar o canal. O reconhecimento também veio por parte do Hall da Fama da Natação Internacional que o eternizou em 2014.

George Young – Foto: City of Toronto Archives

A Travessia do Canal da Catalina é conhecida por ser uma das mais difíceis do mundo, com muitas peculiaridades. A principal recomendação é de iniciá-la a noite devido a presença de tubarões e muitos peixes na região. Além disso, os nadadores precisam enfrentar a água gelada, fortes correntes e a falta de visibilidade ao longo de todo o percurso.

Até hoje já 573 nadadores já concluíram a travessia com sucesso. Quatro delas foram brasileiros: Dailza dos Santos em 1993, Adherbal de Oliveira e  Samir Barel em 2016 e Luiz Pradines em 2017. A lista completa de todos os nadadores que já fizeram a prova pode ser vista aqui. Devido a pandemia do COVID-19, a comissão organizadora da travessia cancelou todas as tentativas desde ano que poderão ser reagendadas para 2021.

Sobre o Autor

Daniel Takata
Redator da Revista Swim Channel. Tem colaborado com os principais veículos impressos e eletrônicos sobre natação e vem comentando competições no SporTV.

Guilherme Freitas
Jornalista da Revista Swim Channel e correspondente internacional de imprensa da FINA (Federação internacional de Natação), formado pela FMU e pós-graduado em Globalização pela Escola de Sociologia e Política.

Patrick Winkler
Editor- Chefe da Revista Swim Channel, Colunista da Radio Bradesco Esportes FM. Graduado em administração de empresas na Universidade Mackenzie, e pós-graduado em Gestão do Esporte pelo Instituto Trevisan.

Mayra Siqueira
Repórter da Revista Swim Channel e jornalista esportiva da Rádio CBN. É correspondente da FINA (Federação internacional de Natação) no Brasil e é colunista de natação para o Blog Esporte Fino, da Carta Capital.

Sobre o Blog

A Swim Channel é uma editora formada por nadadores que escreve exclusivamente sobre natação sendo eleita a melhor revista do segmento no mundo inteiro no ano de 2012. Através deste Blog, consegue fomentar noticias diárias aumentando o alcance do conteúdo editorial. Acompanhe entrevistas com atletas e personalidades, cobertura dos principais eventos, análises das diversas áreas relacionadas a nossa modalidade.

Blog Swim Channel